[Webinar Best WorkPlaces 2024] Os segredos para o Employer Branding de sucesso

Garanta sua vaga
Recrutamento e Seleção

Como a tecnologia pode impulsionar a diversidade nas organizações

Como a tecnologia pode impulsionar a diversidade nas organizações

Saiba o que o RH pode fazer para promover cada vez mais a diversidade nas organizações e como a tecnologia auxilia esses processos

Nunca se falou tanto sobre diversidade nas organizações, isso por que essa é uma pauta que vem ganhando cada vez mais espaço também na sociedade. E por consequência, reflete dentro das empresas, que são uma extensão do ambiente social.

Embora o tema diversidade nas organizações seja atual e necessário, propor práticas reais para apoiar a inclusão de variados grupos ainda é um desafio para muitas empresas, principalmente as mais tradicionais.

Afinal, além de mudar o mindset dos colaboradores e das companhias, é fundamental propor ações que de fato sejam voltadas para a diversidade. Por isso, o recrutamento pode ser o ponto inicial dessa mudança, principalmente contando com tecnologia para excluir os vieses inconscientes.

mindset digital - diversidade nas organizações

Para impulsionar ainda mais o cenário nas organizações, criamos este artigo, a fim de destacar a importância do tema e auxiliar os recrutadores na promoção da diversidade corporativa.

O que é diversidade? 

Antes de tudo, é necessário entender que a diversidade é a compreensão, aceitação e inclusão de diferentes pessoas, seja no aspecto físico, cultural, de gênero, biológico, social, econômico ou ideológico.

Quando falamos de diversidade é importante ter em mente que ela está presente em todos os lugares e pessoas, isso porque cada um possui vivências, histórias, valores e pensamentos diferentes.

Porém, no ambiente de trabalho, é preciso ir além, e compreender como a união de diferentes pessoas faz com que as empresas sejam mais plurais, e com isso consigam quebrar paradigmas e impulsionar a criatividade e troca de experiências.

Assim, as diferenças somadas ao respeito e empenho, resultam em engajamento e produtividade, destacando a empresa no mercado. Dessa forma, a diversidade nas organizações é também um fator de marca empregadora, pois implica diretamente na valorização do capital humano.  

A diversidade também engloba:

  • Identidade de gênero;
  • Orientação sexual;
  • Etnias e raças;
  • Deficiências físicas e motoras;
  • Classes sociais;
  • Idades;
  • Entre outras.

Por que a diversidade nas organizações é importante?

Por conta da diversidade de pensamentos, vivências e habilidades, que estão associadas também a fatores sociais, é que as empresas conseguem compor equipes capazes de impulsionar novas soluções e quebrar barreiras limitantes. 

Dessa maneira, levar a diversidade para as empresas se tornou fundamental. Isso porque, a pluralidade no ambiente de trabalho também traz experiências únicas e uma variedade de soft skills, altamente valorizadas nos dias de hoje.

A diversidade também é capaz de aumentar habilidades como:

  • Empatia;
  • Criatividade;
  • Resiliência
  • Solidariedade;
  • Produtividade.  

Alinhar a diversidade das organizações ao reconhecimento e respeito aos grupos e experiências, é a forma ideal de destacar a individualidade de cada colaborador e promover o desenvolvimento dos profissionais e das equipes. 

Outro ponto de destaque é que essas práticas reforçam a cultura da empresa e a marca empregadora, o que pode impactar em uma maior atratividade para os talentos no mercado.

Além disso, pesquisa realizada pela Harvard Business apontou que empresas que apostam na diversidade conseguem reduzir em 50% os conflitos internos.

Assim, uma vez que a sua empresa busca ser mais justa e sem distinções e preconceitos, ela tende a se destacar no mercado. Pois, cada vez mais os candidatos possuem um comportamento de cliente, buscando empresas que estão alinhadas aos seus valores e ideais.

Leia sobre a era funcionário-cliente

É dessa forma também que uma política de diversidade bem aplicada é capaz de promover a redução do turnover.

O papel do RH para a diversidade corporativa

É importante lembrar que a pluralidade não significa necessariamente priorizar determinados grupos, mas sim levar em consideração esses fatores sem exclusão ou julgamentos. E no caso das organizações, isso começa no processo seletivo.

Nesse ponto, a diversidade não está apenas em contratar, mas sim incluir, promovendo espaço e os meios necessários para que cada pessoa possa se desenvolver.

Kit Diversidade corporativa - diversidade nas organizações

Embora seja uma missão de todos, o RH é o grande protagonista para incentivar a diversidade nas organizações. Porém, antes de promover contratações diversas é preciso:

  • Observar o quadro de colaboradores;
  • Analisar o Fit Cultural;
  • Preparar o espaço físico e comportamental;
  • Combater o preconceito;
  • Reforçar a importância da diversidade.  

Como a tecnologia impulsiona a diversidade nas organizações?

Como falamos, o recrutamento pode ser o passo inicial para implementar a diversidade nas organizações. Por isso, é importante pensar na inclusão desde o anúncio da vaga, ou seja, divulgar um job description que não seja excludente.

Para isso, avalie não só a comunicação verbal e visual, mas também as exigências necessárias para a vaga. A partir disso, diversifique os canais de divulgação, assim a vaga poderá alcançar novos perfis.

Já quando se trata do processo seletivo em si, é preciso estar atento à triagem de currículos imparcial, realizando uma seleção sem pré-conceitos.  

Neste ponto, a tecnologia entra como uma grande aliada, pois a Inteligência Artificial consegue realizar processos sem viés inconsciente e preconceitos. Afinal, é possível criar fluxos e filtros para realizar avaliações objetivas de habilidades, competências e talentos, ignorando fatores como gênero, raça e idade. 

Com a tecnologia e pesquisas internas, também é possível analisar o quadro de colaboradores da empresa. Com esses dados, as organizações podem fazer um mapeamento periódico e traçar planos de ação para promover a diversidade.

indicadores de rh

Humanização x Tecnologia

Vale ressaltar que, mesmo com a digitalização dos processos, os profissionais de recursos humanos são responsáveis por acompanhar o resultado por meio de avaliações e acompanhamentos periódicos. 

Ou seja, apesar das inúmeras vantagens, a IA não substitui a capacitação humana, já que eles continuam sendo peça-chave para a seleção de um bom profissional. Sendo assim, a tecnologia, aliada a uma supervisão humana, pode facilitar desde o mapeamento da empresa até a contratação e manutenção do seu quadro de funcionários. 

O Pandapé, software de RH desenvolvido pelo Infojobs, é uma opção segura e eficiente para agregar tecnologia ao RH a fim de promover a diversidade nas organizações. Entre em contato para saber mais!