Reduza 50% do tempo de triagem de currículos com a inteligência artificial do Pandapé

Agende uma apresentação
Gestão de Pessoas

Atração e retenção de talentos: o que é e boas práticas

Atração e retenção de talentos: o que é e boas práticas

Saiba tudo sobre a atração e retenção de talentos!

A atração e retenção de talentos são temas que permeiam a rotina e os desafios dos profissionais de recursos humanos, isso porque eles são um dos fatores que determinam o sucesso de uma empresa.

Apesar da atração e retenção parecer uma tarefa simples, é preciso entender e analisar muitos fatores para colocar em prática ações que de fato promovam o encantamento dos profissionais.

Continue a leitura e confira um guia completo sobre a atração e retenção de talentos!

O que é um talento?

A definição de talento está ligada à aptidão ou capacidade de desenvolver algo específico. Mas no mundo corporativo chamamos de talentos as pessoas que, de certa forma, se destacam em seu âmbito profissional.

De forma geral, os talentos apresentam características como: alta capacidade de aprendizado, produtividade acima da média, flexibilidade para lidar com novos desafios e funções, engajamento e bom relacionamento interpessoal.

O que é atração e retenção de talentos?

Como o próprio nome já diz, a atração e retenção de talentos refere-se a um conjunto de esforços e estratégias que visam, principalmente, buscar e manter bons profissionais na empresa.

Para garantir o interesse dos profissionais, seja para permanecer ou para ingressar na empresa, é necessário investir em ações que promovam a estruturação dos processos, de forma que a valorização e engajamento dos colaboradores sejam priorizados.

Em resumo, direcionar a visão para a evolução e bem-estar das pessoas, as torna embaixadoras da marca, demonstrando como a empresa valoriza e desperta o sentimento de pertencimento de candidatos e colaboradores.

Quais as vantagens da atração e retenção de talentos?

Quando aplicadas de forma estratégica e efetiva, as ações voltadas para a atração e retenção de talentos gera diversos benefícios que contemplam não só as empresas, como também os profissionais.

Entre as principais vantagens da atração e retenção de talentos, podemos citar:

  • Melhora do clima organizacional;
  • Aumento da produtividade;
  • Redução de gastos trabalhistas.

O impacto do Employer Branding na atração e retenção de talentos

Também conhecido como marca empregadora, o employer branding trata-se de um conjunto de ações que visam estimular as pessoas a se identificarem com a sua marca e despertar nelas o desejo de trabalhar na sua empresa.

A maioria dos profissionais buscam identificação com as organizações antes de se candidatar a uma vaga, por isso, é primordial trabalhar a marca empregadora.

Mas afinal, como fazer isso? Existem dois pontos que são cruciais para te ajudar na atração e retenção de talentos:

Defina o fit cultural da sua empresa

Antes de fazer os descritivos das ofertas de emprego, é essencial pensar e definir o perfil de talento que a sua empresa quer contratar.

Para isso, você deve traçar as competências técnicas e comportamentais que sejam compatíveis com a cultura da sua empresa e com as exigências da vaga.

Quanto mais detalhado for o seu perfil de candidato, mais assertiva será a estratégia de divulgação e, consequentemente, mais chances de contratar o candidato ideal.

Entre as vantagens proporcionadas pelo fit cultural, podemos destacar:

  • Fortalecimento da marca empregadora;
  • Contratação mais ágil e assertiva;
  • Economia de tempo e recursos;
  • Redução de turnover.

Invista nos canais de exposição da sua marca

Manter um canal de comunicação aberto com candidatos é essencial para fortalecer a marca empregadora. Atualmente, existem diversos meios para se fazer isso, como por exemplo, através do site oficial da sua empresa, redes sociais ou páginas públicas.

Manter esses canais atualizados com as últimas novidades e com a mesma identidade visual geram aproximação e associação com o público. Ou seja, as pessoas reconhecerão facilmente ações da sua marca quando forem impactadas por notícias e mídia espontânea.

Os canais digitais proporcionam diversos formatos para se comunicar e expor informações sobre a empresa, como por exemplo: FAQ, informações na página ‘’sobre nós’’, missão, visão e valores, produtos ou serviços e promoções. 

Agora que você já entendeu mais sobre o employer branding, continue a leitura para conferir boas práticas para atrair e reter os melhores talentos do mercado!

8 práticas para a atração e retenção de talentos

De forma geral, existem diversas ações que podem auxiliar na atração e retenção de bons profissionais. Confira a seguir oito práticas que vão impulsionar a sua atração e retenção de talentos:

  1. Plano de carreira

Profissionais comprometidos com o seu desenvolvimento pessoal e profissional, buscam empresas nas quais ofereçam oportunidades de aprendizados constantes, atualizações sobre temas pertinentes ao seu departamento e promoções. Por isso, desenvolva uma boa estrutura de plano de carreira.

O plano de carreira evidencia o quanto a empresa valoriza o desenvolvimento das pessoas e acredita no potencial dos colaboradores. Além de ajudar – e muito – na retenção de profissionais talentosos.

  1. Compatibilidade com o mercado

É preciso se adaptar para se manter competitivo no universo corporativo. Mas, ainda assim, é preciso estar, pelo menos, compatível com o mercado, não é mesmo?

O salário justo ainda enche os olhos dos profissionais. Por isso, pesquise, questione e oferte um salário compatível com as atividades do colaborador e que, somado aos benefícios oferecidos pela empresa, se destaque em relação aos concorrentes.

  1. Pacote de benefícios

Os critérios para aceitar ou não uma proposta de empresa mudou e os benefícios empresariais se tornaram prioridade. A justificativa é que representam a valorização, capacitação e a preocupação com a qualidade de vida dos colaboradores.

Além de oferecer uma boa variedade de atrativos, é importante distinguir o melhor momento para ofertar os benefícios empresariais, ou seja, de acordo com o nível de atingimento de metas e performance apresentada. 

  1. Gestão de pessoas

A gestão de pessoas está associada ao cuidado e a capacitação dos funcionários. As práticas de gestão visam o bem-estar, desenvolvimento, a qualidade de vida no trabalho, a facilidade no dia a dia dos colaboradores e a experiência do candidato.

Para que a gestão de pessoas funcione, o RH precisa atuar ativamente e conhecer as oportunidades da empresa como um todo e, assim, adequar os profissionais no setor e cargo compatível com seus conhecimentos técnicos e habilidades.

Vale ressaltar que as metodologias, técnicas e estratégias desenvolvidas pelo RH devem estar claras para os outros setores e líderes, para que, em conjunto, possam colocar em prática ações com foco na administração e aperfeiçoamento contínuo dos capitais humanos.

  1. Comunicação

Priorizar a comunicação direta e constante gera o sentimento de valorização, nivelamento, credibilidade e tornam as pessoas mais comprometidas e engajadas, além de contribuir diretamente para a ascensão da empresa.

Para atração, a comunicação é facilitada pelos canais digitais. Como você leu anteriormente, os candidatos precisam associar a marca de acordo com a comunicação já divulgada nas redes e as informações passadas durante o processo seletivo. 

Já para a retenção, a nossa dica é manter a comunicação transparente do início ao fim da jornada do candidato. Fale sobre projetos importantes, inclua os colaboradores na tomada de decisão, reforce onde a empresa está, onde deseja chegar e como fará para chegar lá.

  1. Feedbacks

Sabemos que os candidatos desejam saber sobre o seu desempenho em cada etapa, por isso, não deixe de fornecer retornos positivos ou negativos, mas sempre construtivos.

Já dentro da sua empresa, os colaboradores prezam por crescimento pessoal e profissional e buscam uma figura na qual possam se inspirar e trocar experiências. É extremamente importante manter uma relação em que o diálogo, orientação, reconhecimento e transparência se façam presentes.  

  1. Capacitação de gestores

Os colaboradores buscam referência e, além disso, necessitam de um facilitador em seu dia a dia que contribua para otimizar e agilizar processos, os desenvolvam, dê direcionamento e saibam reconhecer um bom trabalho. Investir na liderança os torna mais preparados para lidar com conflitos e desenvolver pessoas.

  1. Tecnologia

Na atração de talentos, a tecnologia pode ser usada para acelerar o recrutamento e seleção e proporcionar dinamismo e inovação aos processos. O contato com a sua empresa passa a ser uma experiência e, o melhor de tudo, positiva.

Na retenção de profissionais, a tecnologia também pode ser bastante explorada. Com ela, é possível aplicar treinamentos, workshops e conteúdos através de uma plataforma online, além de acompanhar o nível de engajamento e conclusão dos colaboradores.

Transforme o seu R&S com o PandaPé!

Agora que você descobriu como fortalecer a atração e retenção de talentos da sua empresa, que tal colocar nossas dicas em prática hoje mesmo? Conte com o Pandapé para impulsionar seus resultados!