Reduza 50% do tempo de triagem de currículos com a inteligência artificial do Pandapé

Agende uma apresentação
Tendências de RH

10 tendências de RH e aprendizados para aplicar em 2022

10 tendências de RH e aprendizados para aplicar em 2022

Nos últimos anos diversos desafios e transformações marcaram a sociedade e a cultura dentro das organizações. Nesse cenário, o setor de recursos humanos precisa se adaptar constantemente e estar sempre atento às tendências de RH.

Dessa forma, 2021 tornou-se um ano de consolidações e aprendizados após um período de adequações à transformação digital.

Assim, as projeções para 2022 estão voltadas a um setor de recrutamento cada vez mais estratégico e digital. Além de utilizar dados e tecnologia como a base para a tomada de decisões.  

Logo, quando falamos de tendências de RH e aprendizados para recrutamento e seleção estamos tratando dessa transição de um setor burocrático e manual, para uma área estratégica que sabe entregar valor aos negócios.

Nesse artigo, vamos falar das principais tendências de RH para 2022 e analisar os aprendizados de acordo com as mudanças que aconteceram no setor até aqui. Boa leitura!

Por que acompanhar as tendências de RH?

Acompanhar as tendências de RH não significa necessariamente aplicá-las no dia a dia da sua organização, isso porque nem sempre todas as estratégias fazem sentido para o momento da empresa.

Entretanto, em um mercado de trabalho em constante transformação, acompanhar as tendências de RH é uma forma de manter vantagens competitivas e lidar com a cultura ágil cada vez mais presente no meio corporativo.

Ou seja, para sair na frente e propor ações que realmente vão impactar os negócios, é importante estar atento às novidades e tendências de RH.

Seja para fazer boas contratações e reter talentos, ou até mesmo em práticas voltadas para gestão e desenvolvimento dos funcionários, a inovação consiste em entender essas mudanças e saber como usar o melhor de cada cenário no seu planejamento para 2022.

5 principais tendências de RH para 2022

Confira agora as tendências que vão impulsionar ações estratégias para o recrutamento e seleção!

Recrutamento sem viés

Para apoiar a diversidade corporativa, o recrutamento sem viés está entre as principais práticas que o RH deve adotar nos próximos anos.

Nesse formato de recrutamento, a equipe de recursos humanos conta com apoio da Inteligência Artificial para considerar apenas aspectos como competências comportamentais, conhecimentos teóricos e habilidades práticas.

Dessa forma, é possível eliminar os vieses inconscientes de preconceito, ligados às questões biológicas e sociais. 

Além disso, é importante que o RH seja treinado para recrutar de forma inclusiva, desde a descrição da vaga até as entrevistas, sem levar em conta fatores como gênero, raça e idade.

Assim, para promover a diversidade é importante que o RH trabalhe com dados, a fim de ser mais assertivo.

Análise de soft skills

Para além das competências acadêmicas e experiências profissionais, as habilidades interpessoais ou soft skills, estão cada vez mais presentes nas avaliações de recrutamento, tornando-se uma tendência de RH

Essa mudança de comportamento se dá porque as soft skills impactam diretamente no dia a dia da empresa, e por consequência, no clima organizacional

Elas estão ligadas principalmente a questões de relacionamento, resolução de problemas, mindset e alinhamento de performance.  

Algumas soft skills para avaliar:

  • Inteligência Emocional;
  • Resiliência;
  • Comunicação assertiva;
  • Empatia;
  • Positividade;
  • Adaptabilidade;
  • Gerenciamento de tempo.

Para analisar o perfil comportamental dos candidatos o RH pode contar com a metodologia DISC, a fim de conhecer os profissionais de forma mais assertiva.

teste disc

Currículo em vídeo

Com a mudança do perfil dos candidatos, os currículos em vídeo estão entre as principais tendências de RH para 2022, principalmente quando falamos da nova geração de talentos

Para os candidatos, o formato torna-se mais dinâmico, rápido e objetivo, possibilitando também ao RH uma interpretação diferente dos profissionais, uma vez que já no primeiro contato é possível observar além das informações do currículo escrito.  

Assim, um vídeo de poucos minutos pode apresentar muito sobre um candidato e tornar o seu perfil mais atrativo para a empresa, o que também agiliza outras etapas do processo seletivo. 

Mas antes de adotar esse formato nos seus processos é importante que o RH tenha em mente os métodos de avaliação que podem ser desde a desenvoltura até as informações apresentadas.

Nessa prática, é importante que o RH considere a aptidão e limitações dos profissionais, que nem sempre estão acostumados com o formato. Uma possibilidade é implementar em vagas específicas e enviar orientações e dicas para a gravação.

Gamificação

Realizar processos mais dinâmicos e atrativos está entre os principais desafios do RH, e a gamificação, cada vez mais utilizada no setor, supre essa dificuldade ao aprimorar o recrutamento.

Na prática, a gamificação utiliza elementos de jogos para tornar a experiência dos usuários mais interessante e positiva, além de aumentar o engajamento para a conclusão de todas as etapas do processo seletivo.  

Para o RH, a gamificação facilita a análise desde as etapas de triagem até a avaliação dos candidatos, com a possibilidade de desenvolver também situações de pressão e urgência.

Ainda é possível adequar toda a linguagem e abordagem do game de acordo com o perfil da empresa e valores que deseja transmitir, garantindo que a marca empregadora tenha consistência em todo o processo seletivo.

Em pesquisa feita pelo Infojobs, 81% dos candidatos que já participaram de processos com gamificação acharam o formato mais atrativo

Admissão Digital

Que o processo seletivo online está entre as principais práticas dos últimos anos no RH, todo o mercado de trabalho já sabe.

Porém, com o aumento do recrutamento digital a admissão digital também se torna uma tendência para os processos seletivos.

Se no modelo tradicional a admissão pode levar de duas semanas a um mês, devido a quantidade de documentos necessários e etapas manuais, a admissão digital consegue simplificar e agilizar esse processo em poucos dias.

Outra vantagem é que toda a admissão fica organizada e centralizada em um único lugar, evitando arquivos em planilhas e pastas. 

Além disso, é possível contar com um software de recrutamento que as informações já são coletadas de acordo com a LGPD.

Benefícios da admissão digital:

  • Aumento da velocidade e produtividade;
  • Maior proximidade com o candidato;
  • Melhor centralização dos processos.

5 aprendizados para aplicar em 2022

Uma das principais formas de obter um RH estratégico é olhar para a evolução e bagagem que o setor carrega até aqui. E em um ano tão desafiador como o último, diversos aprendizados podem ser levados em consideração.

O capital humano deve ser o centro das ações

Falando de recrutamento ou de gestão de pessoas, o capital humano passou a ganhar ainda mais destaque dentro das organizações. Isso porque, são as pessoas que movem os negócios, humanizam as marcas e dão vida aos valores e propósitos da empresa.

Quando falamos de atração e retenção de talentos a experiência do candidato e a jornada do colaborador, devem ser o foco principal. Ambas as estratégias impactam diretamente na reputação da marca empregadora.

Nos processos seletivos, é preciso criar um ambiente confortável para o profissional ter uma impressão positiva, criando o desejo de ingressar na organização. Além disso, um candidato satisfeito pode se tornar um promotor da marca.

Tenha os dados como aliado

Mais do que nunca o RH precisa fazer contratações assertivas a fim de garantir o sucesso do processo e evitar o turnover alto.

Nesse cenário, a metodologia de People Analytics ganhou ainda mais destaque, uma vez que é possível compreender o comportamento dos colaboradores e as necessidades de cada equipe. Com o objetivo de traçar ações de engajamento e contratações mais direcionadas.

Recrute com ferramentas online

O trabalho remoto nos apresentou novas possibilidades para executar todas as tarefas do RH. Com isso, ficou ainda mais claro que o recrutamento online é uma possibilidade extremamente eficiente.

Ou seja, o processo seletivo tornou-se muito mais prático, uma vez que o RH tem disponível diversos recursos para isso. E os benefícios são diversos, como:

  • Economia de tempo;
  • Redução de custos;
  • Agilidade para fechar a vaga;
  • Facilidade para conhecer os candidatos;
  • Comunicação integrada entre recrutadores.

Assim, o setor passa a ser mais estratégico, uma vez que consegue dar atenção a outras atividades que agregam mais em resultados.

Assuma uma posição estratégica

Muito se fala sobre como o RH é um setor estratégico nas empresas, uma vez que atua diretamente com a contratação dos melhores talentos e desenvolvimento dos colaboradores, mas é preciso que a área assuma essa posição.

Parase posicionar como um setor estratégico, o RH deve conciliar o uso de dados e tecnologia para agilizar os processos e tomar decisões mais assertivas. Com isso, é possível entregar resultados que de fato vão conduzir os sucessos da empresa.

Automatize os processos

Esse último aprendizado engloba um pouco dos apontamentos anteriores, isso porque a automatização dos processos implica em um setor mais estratégico e com um recrutamento mais eficiente.

Nos últimos anos as ferramentas de automatização permitiram uma evolução dos RH e por isso as empresas que desejam conquistar os melhores candidatos se apoiam nessas tecnologias, uma vez que as ferramentas permitem um processo mais ágil e padronizado.

O Pandapé ATS, por exemplo, é um software de recrutamento e seleção desenvolvido pelo Infojobs que automatiza processos operacionais e garante mais disponibilidade ao RH para lidar com outras tarefas.