Nos ajude a entender o panorama da diversidade de gênero e orientação sexual no mercado de trabalho

Responder pesquisa
Recrutamento e Seleção

Critérios de seleção para garantir boas contratações

Critérios de seleção para garantir boas contratações

Tem certeza de que seu processo seletivo é objetivo? Se a sua resposta for não, você deve revisar seus critérios de seleção.

Todo recrutador sabe que contratar um novo colaborador não é uma tarefa fácil e, se somarmos isso a um processo de seleção pouco objetivo, será quase impossível contratar os melhores talentos. 

Com critérios de seleção bem definidos, ter um processo seletivo objetivo esse processo será mais fácil. Neste artigo, vamos explorar os critérios de seleção mais importantes para encontrar o candidato ideal.

Continue a leitura para acompanhar!

O que é um critério de seleção?

Quando se busca adicionar um novo membro à equipe, é essencial considerar diversos aspectos técnicos e de personalidade. Esses são os critérios de seleção, que ajudam a escolher a pessoa mais adequada para a vaga e para o ambiente da empresa. 

Para garantir o sucesso do processo de recrutamento, é fundamental que esses critérios sejam claros, objetivos e estejam alinhados com as necessidades específicas da organização.

No próximo bloco, vamos explicar quais são os principais critérios de seleção que ajudam a garantir a contratação do candidato ideal!

Quais são os critérios de seleção que devem ser avaliados durante um processo de recrutamento? 

É importante lembrar que cada vaga requer critérios de seleção específicos, pois diferentes posições demandam diferentes conjuntos de habilidades e qualificações. Aqui estão alguns dos principais critérios que você deve considerar ao recrutar novos colaboradores:

Qualificações

As qualificações educacionais são essenciais. Em muitos casos, os candidatos são solicitados a apresentar diplomas educacionais que atestem sua formação acadêmica. No entanto, algumas empresas estão começando a valorizar mais cursos ou workshops que demonstrem habilidades específicas necessárias para o cargo em questão.

Habilidades

Além das qualificações, é importante considerar as habilidades específicas necessárias para o cargo. Algumas posições exigem habilidades técnicas ou conhecimentos específicos que podem ser testados durante o processo seletivo para garantir a adequação do candidato. 

De acordo com os dados do relatório “O futuro do recrutamento” de 2024 do LinkedIn, priorizar competências pode ampliar até 10 vezes as fontes de talentos. 

80% dos profissionais de recrutamento que participaram da pesquisa afirmaram que as empresas onde trabalham estão comprometidas com a criação de equipes mais diversificadas. 

Portanto, a contratação baseada em competências deverá ganhar mais força nos próximos anos.

Experiência

A experiência prévia também é um critério importante. Embora o conhecimento e as habilidades sejam essenciais, a experiência anterior em cargos semelhantes pode ser um indicador valioso de como o candidato aplicou seus conhecimentos e habilidades no ambiente de trabalho.

Atitude e motivação

A disposição e o interesse do candidato também são aspectos importantes a considerar. A motivação pode ser avaliada através de perguntas sobre por que o candidato deseja trabalhar na empresa e observando sua pesquisa sobre a organização e a vaga. 

Além disso, a atitude do candidato pode ser avaliada observando sua linguagem corporal e comportamento durante as interações.

Referências

Solicitar referências de empregos anteriores permite entender melhor o desempenho do candidato em contextos de trabalho anteriores, verificar suas habilidades e experiências, e obter uma visão mais ampla de suas qualificações e capacidades. 

Lembre-se de que é essencial obter o consentimento do candidato antes de solicitar referências, respeitando sua privacidade e confidencialidade.

Ajuste cultural

Ter critérios de seleção que focam no fit cultural é essencial. Você quer garantir que está contratando alguém que se encaixe nos valores da empresa e na equipe de trabalho. 

Para avaliar isso de forma mais objetiva, você pode usar testes como o DISC ou o MIDOT, que ajudam a entender a personalidade do candidato e como ele pode se integrar à cultura da empresa.

Se o fit cultural for muito importante para sua organização, considere o recrutamento interno ou um programa de indicações. O recrutamento interno utiliza talentos que já estão na empresa, garantindo que eles já estejam alinhados com a cultura e os valores da organização. 

Já o programa de indicações permite que seus próprios funcionários recomendem candidatos, aumentando as chances de encontrar alguém que se adapte bem à equipe e ao ambiente de trabalho.

Como medir de forma mais objetiva os critérios de seleção?

Existem várias medidas que você pode tomar para aumentar a objetividade na avaliação dos seus critérios de seleção. Vamos explorar algumas delas:

1. Use perguntas-chave

Perguntas de filtragem são essenciais. Elas ajudam a eliminar candidatos que não possuem as habilidades, experiência ou conhecimento necessários para o cargo. Assim, você foca apenas nos candidatos que realmente têm potencial.

2. Aplique testes de recrutamento 

Utilize testes que avaliem tanto a personalidade quanto as competências técnicas dos candidatos. Esses testes fornecem uma visão clara das habilidades do candidato e de como ele se comporta em diferentes situações. Escolha os testes mais adequados para cada processo de recrutamento para obter resultados precisos.

3. Prepare bem a entrevista

A entrevista é uma ótima oportunidade para conhecer melhor o candidato. Use esse tempo para esclarecer dúvidas sobre as respostas aos testes e sobre os dados do currículo que chamaram sua atenção. Uma entrevista bem preparada ajuda a obter informações valiosas sobre o candidato, facilitando a decisão de contratação.

4. Realize dinâmicas de grupo

Dinâmicas de grupo são excelentes para observar como os candidatos interagem em equipe. Você pode avaliar habilidades de comunicação, liderança e trabalho em equipe, essenciais para muitos cargos.

5. Verifique referências

Contatar referências de empregos anteriores pode fornecer insights valiosos sobre o desempenho do candidato em contextos de trabalho real. Lembre-se de pedir permissão ao candidato antes de entrar em contato com suas referências.

6. Utilize softwares de recrutamento e seleção (ATS)

Ferramentas digitais podem automatizar e padronizar partes do processo seletivo. Elas oferecem análises objetivas de currículos e testes, reduzindo vieses e melhorando a eficiência da seleção.

7. Crie um painel de entrevistas

Envolver mais de um entrevistador pode ajudar a obter múltiplas perspectivas sobre o candidato. Um painel de entrevistas reduz o risco de decisões baseadas em impressões pessoais e aumenta a objetividade.

8. Defina critérios claros

Antes de iniciar o processo de seleção, estabeleça critérios claros e objetivos para avaliar os candidatos. Isso inclui habilidades técnicas, experiências relevantes e características pessoais que são importantes para o cargo.

Economize até 80% dos custos de recrutamento com o Pandapé ATS!

Com o Pandapé ATS, você pode centralizar todas as informações dos processos seletivos e realizar contratações estratégicas baseadas em dados. Além disso, o tempo de publicação, triagem e análise de currículos é reduzido, já que a Inteligência Artificial assume parte desse papel.

Vale ressaltar que o Pandapé ATS é o único software de recrutamento e seleção integrado ao banco de currículos do Infojobs, que conta com mais de 55 milhões de candidatos cadastrados.

Solicite uma demonstração gratuita e personalizada agora mesmo e encontre o candidato ideal em menos tempo!

Você já conhece o Pandapé?