Nos ajude a entender o panorama da diversidade de gênero e orientação sexual no mercado de trabalho

Responder pesquisa
Recrutamento e Seleção

Tudo o que você precisa saber sobre recrutamento às cegas

Tudo o que você precisa saber sobre recrutamento às cegas

O mercado de trabalho está em constante transformação, e as empresas que desejam se destacar precisam abraçar a diversidade e a inclusão em seus processos seletivos, nesse contexto, o recrutamento às cegas é uma ferramenta poderosa para eliminar vieses inconscientes e selecionar os melhores candidatos, independentemente de suas características pessoais.

Essencialmente, o esse é um processo seletivo que enfatiza certos critérios nos candidatos, deixando de lado informações pessoais como nome, idade, gênero e experiências anteriores. Dessa forma, o objetivo é focar mais no conhecimento técnico e desempenho dos candidatos, em vez de suas características individuais.

Essa é uma prática adotada quando as empresas desejam investir em diversidade e inclusão, e nesse artigo, vamos explicar seu funcionamento.

O que é Recrutamento às Cegas?

O recrutamento às cegas, como o nome sugere, é um modelo de processo seletivo em que algumas informações são ocultadas, tendo como base para o recrutamento as soft e hard skills dos candidatos.

Nesse método de seleção os dados pessoais dos candidatos, como nome, idade, gênero, etnia, foto e experiência profissional anterior, não são apresentados para o recrutador durante as etapas iniciais do processo seletivo. 

Assim, o RH deve buscar avalair os candidatos com base em suas habilidades, conhecimentos e experiência, reduzindo a influência de fatores externos que podem levar à discriminação.

Essa abordagem visa evitar as escolhas humanas que podem tender para gostos e afinidades pessoais, levando à exclusão de pessoas ou grupos que não se encaixam na realidade do recrutador. Por isso, o recrutamento às cegas busca promover maior diversidade nas empresas, impedindo que as particularidades dos candidatos influenciem o processo seletivo.

Importância do Recrutamento às Cegas

O recrutamento às cegas é uma excelente alternativa para empresas que desejam garantir a imparcialidade em seus processos seletivos. Esse método evita que o RH perca o foco ou que suas escolhas sejam determinadas por proximidade ou preconceito.

Em suma, essa abordagem visa contratar pessoas com base em seu conhecimento técnico e desempenho, independentemente de sua imagem. Ao final do processo, a empresa terá um funcionário mais bem preparado para o cargo e alinhado com os objetivos da organização.

Quais são as vantagens do Recrutamento às Cegas?

O recrutamento às cegas não apenas promove a diversidade e a inclusão, mas também contribui para a criação de um ambiente de trabalho mais produtivo, justo e eficiente. Tendo benefícios como:

Promoção da diversidade

Formar uma equipe diversa, com pessoas de diferentes culturas e origens, enriquece a empresa e aprimora a visão de negócio. No entanto, o preconceito ainda persiste no mercado de trabalho. 

De acordo com o InfoJobs, 70% dos profissionais acima de 40 anos já enfrentaram preconceito devido à idade. Já quando falamos de diversidade de gênero, 71% das participantes de uma pesquisa acreditam que já perderam alguma oportunidade de emprego de emprego por ser mulher. Em outras pesquisas, esse recorte se repete quando falamos de diversidade racial e também de orientação sexual.

Isso demonstra a necessidade de promover diversidade no mercado de trabalho, e o recrutamento às cegas é uma ferramenta eficaz para ampliar oportunidades e combater preconceitos, beneficiando tanto a empresa quanto os colaboradores.

Fortalecimento da marca empregadora

Uma equipe diversificada é bem vista pelo mercado de trabalho, tornando a empresa um lugar atraente para trabalhar e melhorando sua reputação entre clientes, fornecedores, acionistas e outros stakeholders.

Esses aspectos influenciam diretamente na reputação da marca empregadora, que nada mais é do que a vitrine da empresa e tem contato com possíveis colaboradores e clientes também. Afinal, organizações justas e inclusivas são mais atrativas, uma vez que focam nas capacidades intelectuais de seus colaboradores e não em suas características físicas. Isso atrai novos talentos que buscam ambientes de trabalho mais justos e igualitários.

Recrutamento imparcial

O recrutamento às cegas traz imparcialidade para o processo, pois a seleção é baseada apenas nas competências e habilidades dos candidatos, sem considerar fatores como sexo, idade ou cor da pele. Isso resulta em uma cultura organizacional mais igualitária e focada em talentos, o que pode impactar positivamente nos resultados.

Aumento de produtividade

Funcionários engajados e alinhados com os objetivos da empresa tendem a ser mais produtivos. O recrutamento às cegas contribui para o bem-estar da equipe, pois todos se sentem valorizados por suas habilidades e não por suas características físicas ou antecedentes.

Maior precisão nas contratações

Essa metodologia permite que os gestores contratem pessoas com as habilidades técnicas mais adequadas para os cargos, resultando em escolhas mais precisas e eficazes que vão influenciar positivamente no dia a dia dos processos e entregas de cada time.

Redução de custos

Com um processo de recrutamento mais assertivo, há uma redução nos custos tanto das contratações quanto das etapas de seleção, evitando gastos desnecessários com contratações equivocadas.

Valorização dos profissionais

Empresas que utilizam o recrutamento às cegas tendem a valorizar mais seus funcionários. Isso torna o processo de seleção mais satisfatório para todos os envolvidos, especialmente para os candidatos, que se sentem mais motivados a se empenhar.

Melhora na tomada de decisões

Equipes diversas tendem a tomar decisões mais acertadas e inovadoras, já que diferentes perspectivas são consideradas. Isso leva a soluções mais criativas e eficazes para os desafios enfrentados pela empresa.

Quais são os desafios do Recrutamento às Cegas?

Implementação tecnológica

A implementação do recrutamento às cegas requer tecnologia para realizar uma pré-seleção justa dos candidatos. E as empresas podem enfrentar dificuldades para adquirir e implementar os softwares necessários, além de necessitarem de treinamento adequado para a equipe de RH.

Processos lentos

O recrutamento às cegas tende a ser mais lento, pois envolve alguns detalhes e cuidados para garantir a imparcialidade na seleção. Assim, o tempo necessário para preencher uma vaga pode aumentar sendo um desafio em setores com alta demanda de contratação.

Cultura organizacional inclusiva

Além de contratar, é preciso criar e manter uma cultura inclusiva que suporte a diversidade trazida pelo recrutamento às cegas. Nesse cenário, as empresas devem garantir que os novos colaboradores se integrem bem ao ambiente de trabalho e recebam o suporte necessário para se desenvolverem.

Adaptação da equipe de RH

A equipe de recursos humanos precisa estar bem treinada para adotar novas práticas e ferramentas de recrutamento às cegas, sendo necessário a capacitação do time com as novas tecnologias e métodos, o que pode pode exigir tempo e recursos adicionais.

Comunicação e transparência

É importante comunicar de forma transparente aos candidatos e colaboradores funcionários sobre o processo de recrutamento às cegas e seus benefícios, assegurando que todos entendam o propósito e o funcionamento, a fim de evitar mal-entendidos ou desconfianças.

Custos adicionais

A implementação de tecnologia e treinamentos da equipe  para que todos entendam o funcionamento do recrutamento às cegas podem implicar em custos adicionais. E justificar e gerenciar esses custos pode ser um desafio, especialmente para empresas com orçamentos menores.

Quando o Recrutamento às Cegas é indicado?

O recrutamento às cegas pode ser utilizado em diversas situações, como:

  • Vagas com alto índice de candidatos: Quando há um grande número de candidatos para uma vaga, o recrutamento às cegas pode agilizar o processo seletivo e focar nos candidatos mais qualificados.
  • Vagas em áreas com baixa representatividade: Em áreas onde há pouca representatividade de determinados grupos, como mulheres em cargos de liderança ou pessoas com deficiência, o recrutamento às cegas pode ajudar a aumentar a diversidade.
  • Vagas que exigem habilidades específicas: Quando a vaga exige habilidades técnicas específicas, esse tipo de recrutamento garante que a seleção seja feita com base no conhecimento e na experiência do candidato.

O recrutamento às cegas é uma ferramenta poderosa que pode ajudar as empresas a construir equipes mais diversas, inclusivas e de alto desempenho. Ao eliminar vieses inconscientes e focar nas habilidades dos candidatos, abrindo portas para novos talentos e impulsiona o sucesso da empresa.

Essa é uma das ferramentas para promover a diversidade e a inclusão nas empresas, sendo  importante que a empresa esteja comprometida com esses valores em todas as etapas do processo seletivo e na cultura organizacional como um todo.

Como funciona o Recrutamento às Cegas?

No recrutamento às cegas, as empresas utilizam diversas técnicas para ocultar as informações pessoais dos candidatos, como:

Currículos anônimos: Os candidatos enviam currículos sem nome, foto ou outras informações pessoais.

Avaliações cegas: As avaliações técnicas e testes de conhecimento são realizados de forma online, sem a identificação do candidato.

Uso de tecnologia para recrutamento: Utilizando Inteligência Artificial em softwares de recrutamento, a empresa pode realizar uma pré-seleção com base nas habilidades e competências dos candidatos, sem considerar idade, gênero ou outras informações pessoais.

Tecnologia do  Pandapé ATS para recrutamento diverso 

O Pandapé ATS, o software possui uma funcionalidade que auxilia as empresas nesse processo de promoção da diversidade. Através dessa função, os candidatos podem preencher campos de identidade de gênero, orientação sexual e cor/raça para vagas que visam ser afirmativas. Isso permite que os profissionais tenham a opção de compartilhar informações de diversidade em seus currículos, que posteriormente são armazenados no banco de dados. 

Por parte das empresas, essa funcionalidade torna mais simples a divulgação de vagas afirmativas, visando aumentar a diversidade nas contratações. Assim, com o uso da tecnologia e a aplicação de pesquisas internas, é possível analisar o perfil dos colaboradores e, com base nos dados obtidos, traçar planos de ação para promover a diversidade de maneira contínua. Uma vez que o perfil desejado é identificado, contar com o auxílio da tecnologia é fundamental para divulgar as oportunidades em canais que alcancem os públicos de interesse de forma eficaz.

Pandapé ATS